love

Oi, springers. Tudo bem com vocês?
Sei que, recentemente, fiz um vídeo contando sobre as minhas séries preferidas do momento e indiquei esta para vocês (se você não viu, clique aqui!), mas é que tenho acompanhado uns textos a cerca de Love na internet e resolvi vim aqui dar a minha opinião sobre a série.

Love conta a história da Mickey e do Gus, uma mulher super rebelde, cheia de problemas e que vive a vida loucamente, e um cara totalmente nerd e certinho, que sempre tenta seguir as regras. Um belo dia, o caminho dos dois se cruza, eles vão se conhecendo e acabam se apaixonando. Porém, por conta das diferenças, viver este romance não é tão fácil assim…

Agora que vocês já sabem um pouquinho da história – e se mesmo assim não se convenceram a assistir –, keep calm, chegou a hora de eu dar algumas razões pelas quais você devia dar uma chance a ela.

1) Ela conta a história de pessoas reais
Não tem essa de personagens milionários, que vivem vidas absurdamente longe da realidade. A Mickey e o Gus são pessoas comuns, que você encontra no seu dia a dia, que vivem momentos bons e ruins, tem problemas no trabalho, com a família, etc. Por exemplo, eu AMO Gossip Girl, mas não é real aquilo (pelo menos não na minha realidade rs), você não vai terminar com o boy e sofrer a tristeza em Paris, encontrar outro maravilhoso e viver um romance de cinema.

2) O casal também é muito real!
Acho que o que eu mais gosto na série é isso, a questão do casal Mickey e Gus não ser aquele casal perfeitinho de série que se apaixona, tudo sempre dá certo, eles não brigam, tomam café da manhã maquiados, sabe? Os problemas deles são problemas de qualquer casal normal e é isso que é bacana, porque as pessoas podem se identificar com isso. E não rola aquela coisa da beleza plena, sabe? rs… O Gus não tem nenhum estereótipo físico de galã, mas a Mickey mostra que se apaixona por quem ele é, não pela aparência.

3) Você não sabe de qual lado fica
Apesar de eu amar a Mickey, tem horas que não tomo o partido dela e tomo do Gus, mas aí o jogo vira e tomo o partido dela, depois, me irrito com os dois e não tomo mais partido de ninguém. E acho que isso acontece por eles serem tão reais! E o mais bacana é isso, eles serem pessoas normais e que fogem daquele padrão da perfeição, sabe?

Bom, galera, essas foram as minhas razões pelas quais eu acho que você devia tentar assistir a série. Em alguns momentos ela parece parada demais, mas eu acredito que seja por este choque de realidade, porque, muitas vezes, as pessoas querem fugir do real, com histórias e casais que não são comuns, e a Mickey e o Gus – e todos os outros personagens – são pessoas normais. É legal não saber se eles terão um final feliz, porque não dá pra saber se eles vão lidar com as diferenças. E também é legal ver a vida dos personagens que os cercam, que também vivem dilemas comuns, mas que fazem parte da vida.

Me conte se tem alguém que assiste a série, se já começou e desistiu. Vamos debater o que achamos? Vou adorar!