intercâmbio

Há quatro anos eu embarquei – um pouco assustada – e na companhia da minha amiga Natália (aliás, espero que ela não fique brava pela foto que escolhi) para fazer um intercâmbio de um mês em Los Angeles, na Califórnia. O destino sempre foi o meu sonho, mas admito que queria passar mais tempo por lá, porém, por questão de trabalho não rolou. Troquei a minha formatura na faculdade para viajar para o meu lugar dos sonhos e não me arrependi. É tudo exatamente como nos filmes! Mas é claro que mesmo me planejando passei por um perrengue ou outro.

Fiquem em casa de família e na companhia da minha amiga tudo foi bem mais fácil, mas mesmo assim tivemos alguns gelinhos na barriga. Prometo que conto como foi o intercâmbio nos posts seguintes, antes acho importante citar alguns pontos:

1) Procure uma agência boa e confiável

Isso vai fazer com que as chances de dar ruim diminuam bastante. Fiz intercâmbio pela CI (Central do Intercâmbio) e fui muito bem atendida pela minha agente, que esclareceu todas as minhas dúvidas e me deixou bem tranquila para a viagem. Ao chegar em Los Angeles tive um probleminha na minha casa, mas foi só enviar um e-mail pra ela que tudo se resolveu. #ufa

2) Pesquise sobre o país de destino

Isso é superimportante, não só para o intercâmbio, como também para quem viaja a passeio. É legal saber se precisa de visto, passaporte, a moeda local… Provavelmente, a sua agente vai te explicar tudo, mas informação nunca é demais, né? Tenha em mente que você nunca vai saber o suficiente, então pesquise muuuito!

3) Junte o máximo de dinheiro que conseguir

Passei por muitos perrengues por falta de grana em Los Angeles. Em alguns países, o custo de vida é muito alto – e LA é um deles. Gastei tudo o que tinha nas duas primeiras semanas e depois fiquei contando moedinhas sem conseguir fazer vários passeios (depois dou algumas dicas para você economizar, tá?), então, planeje a sua viagem com o máximo de antecedência para conseguir juntar uma graninha – ou aliviar a barra dos seus pais.

4) Pesquise muito sobre a sua escola

Eu estudei na Kaplan e tenho certeza que foi a melhor escolha. Além de o ensino ser ótimo e os professores atenciosos, a infraestrutura é bem legal. Estudar em uma escola bacana faz toda a diferença na hora de aprender um idioma – se este for o seu caso. Procure por alunos brasileiros que já estudaram no local nas redes sociais e peça ajuda.

5) Fique atenta ao clima

Quis ir para LA porque sabia que lá teria um clima bem parecido com o daqui. Só que ao chegar na Califórnia fui pega de surpresa e estava o maior frio #ever (sou friorenta e posso estar exagerando, mas era tenso!). Isso me dava muita preguiça de sair de casa, mas aí eu pensava “quando vou ter esta oportunidade de novo?” e enfrentava o vento gelado mesmo assim. Portanto, se você não quer ter surpresas, dê uma olhadinha no Weather.com que sempre salva!

6) Busque saber mais sobre o transporte público

Há lugares em que é impossível fazer os passeios utilizando apenas o transporte público, portanto, pesquise bastante para não ficar presa em casa, principalmente, se você for menor de idade e não puder alugar um carro.

 

Bom, essas foram algumas dicas para você que está tomando coragem para fazer um intercâmbio. A experiência é única e vale super a pena, porém, é preciso planejamento! Para ajudá-la, vou contando um pouquinho sobre a minha viagem nos próximos posts, combinado? Se você tiver alguma dúvida ou quiser ajuda, deixa ela aqui nos comentários que eu leio e respondo todos!

Beijos e até a próxima!