Sonhar em ter a barriga chapada e o corpitcho em forma. Quem nunca? Se você decidiu que vai correr atrás desse objetivo, foco na dieta. Mas nada de fazer a desesperada e se empenhar em receitas milagrosas e malucas da internet. Keep calm e procure já um nutricionista! Se mesmo depois de procurar um médico ainda pintarem algumas dúvidas sobre o que você pode ou não por no prato, confira a listinha que o ST montou com a ajuda da nutricionista Paula Castilho, com alguns vilões que passam fácil por mocinhos na hora da dieta.

 

Pugliesi

 

Peito de peru

Aposto que por essa você não esperava! Apesar de estar presente em 90% das dietas por conter baixo teor de gordura, o alimento contém muitos conservantes que são prejudiciais à saúde.

 

Barra de cereal

Apesar de parecer ela não é a melhor pedida para os lanchinhos rápidos da tarde. Muitas barrinhas contém grande quantidade de gordura saturada, açucares e corantes. Prefira as sem glúten, lactose e as que contém cereais, como chia, quinua e amaranto.

 

Sucos light de frutas

Contém grande quantidade de adoçantes e, alguns deles, como ciclamato e a sacarina, têm níveis altos de sódio. Prefira sucos leves e com fibras (ficar de olho no rótulo é a melhor saída!).

 

Pão integral

Fique de olho nos ingredientes presentes no pão. Muitos deles têm mais farinha refinada em sua composição do que farinha integral.

 

Molhos para saladas

Evite os molhos industrializados nas saladas, pois contém grandes quantidades de conservantes, gordura e sódio.