parede_quadros

Há pouco tempo decidi que teria uma parede de quadros no meu quarto para fazer um cenário para gravar os vídeos do ST, porém, não poderia ser qualquer quadro, tinha de ser algo que tivesse a minha cara. Aí comecei uma grande busca pelos quadros perfeitos. Foi quando tive uma surpresa: os preços eram altíssimos (a mão de vaca hahaha). Para você ter uma ideia, cada quadrinho pequeno custa cerca de R$ 40, e eu queria seis, ou seja, gastaria R$ 240. Aí comecei uma saga pela internet e, para a minha surpresa, achei vários sites que disponibilizam a arte para você imprimir, dão dicas de molduras e como fazer a sua parede. Aqui conto o passo a passo para fazer os seus quadrinhos.

 

Passo 1: encontre sua arte

Chicfetti

Foi neste site que consegui as artezinhas para a minha parede. Ele conta com uma infinidade de frases, desenhos fofinhos, enfim, tem para todos os gostos. Para baixar uma arte, você precisa dar o like neles em alguma rede social, embaixo da arte que escolher, e logo em seguida, aparecerá o download para você clicar.

 

Teoria Criativa 

Este blog me ajudou muito na construção da minha parede de quadros, portanto, nada mais justo do que compartilhar este link. Neste post, eles dão dicas de diversos sites para baixar pôsteres, e o mais legal é que cada um tem um estilo e você pode ir misturando até criar um mix legal para a sua parede.

 

Passo 2: Escolha suas molduras

Esta parte foi a mais difícil pra mim, porque eu não imaginava que molduras fossem tão caras! Tenho três tipos na minha parede: três eu comprei na Leroy Merlin (uma por R$ 13,90 e as outras duas por R$ 19,90 cada), e outros três, que são trabalhadinhos e coloridos comprei em uma loja dessas que vendem tudo bem baratinho e paguei R$ 15 em cada. Ah! E eles são porta-retratos, não molduras.

Também é possível encontrar molduras na Tok & Stok e em outros depósitos, mas a minha dica é se tiver Daiso (aquela loja japa cheia de coisas legais) na sua cidade, procure por lá, porque é beeem mais barato. Ah! Você também pode soltar a criatividade e usar pranchetas ou fita adesiva como moldura.

 

Passo 3: Defina o tamanho e imprima

Com os porta-retratos em mãos, você vai conseguir saber o tamanho da impressão que precisará fazer para cada quadrinho. A minha dica é que você imprima em uma gráfica em papel couchê com gramatura de 200g/m2, porque o quadro vai ficar mais vivo e brilhante. É um pouquinho mais caro, mas vale a pena. Paguei cerca de R$ 37 nos seis.

 

Passo 4: monte uma ordem

Com os quadrinhos prontos e com moldura, chegou a hora de organizar a posição deles. No Pinterest tem uma infinidade de composições. Outra boa dica é: na hora de colocar na parede não use aquelas fitinhas que prometem colar superbem. Eu quebrei dois quadros usando elas! Nessas horas nada melhor do que o bom e velho preguinho.

 

Bom, essas são as minhas dicas para quem está tomando coragem para criar a sua própria parede. Gastei cerca de R$ 120 na minha, não é barato, mas é bem mais do que se tivesse comprado cada um.

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão de algo que não citei aqui, é só falar, vou adorar responder.