instagram

Se você não passa um dia sem futricar as redes sociais, principalmente, o Instagram, e se perde entre fotos e vídeos do Stories. Miga, é melhor ficar ligada! Segundo um estudo britânico divulgando pela Royal Society for Public Health e pela Young Health Movement, a rede social pode ser a mais nociva para a sua saúde. Está se perguntando por que? Keep calm, nós explicamos!

Cerca de 1479 voluntários com idade entre 14 e 24 anos tiveram de ranquear as redes que mais usavam e como elas influenciavam nas suas emoções boas e ruins. E como era de se esperar, boa parte dos jovens revelaram que se sentem infelizes com a própria imagem ao usar o Instagram, sendo que 90% das meninas cogitam até em fazer algum procedimento estético radical, como cirurgia plástica.

O Snapchat também foi mal avaliado pelos usuários, mas levou como pior rede por interferir no sono e por causar o medo de estar fora dos acontecimentos, conhecido como FOMO. Já o YouTube e o Twitter foram as redes sociais com menos queixas. #ufa

Sei que são dados que, muitas vezes, nós já temos uma noção, mas é alarmante pensar o quanto a tecnologia nos aproxima, mas também nos distancia de uma vida saudável e real, nos deixando mais ansiosos e até deprimidos. A gente se apega tanto as imagens perfeitas que a galera passa nas redes, que esquecemos de sermos justos com nós mesmos, de pegar leve e, principalmente, de lembrar que todo mundo tem qualidades e defeitos.

Já que não dá pra ficar sem (quem consegue?), que tal dosar a quantidade de tempo que passa online? Faça um teste, quem sabe você não se surpreende? E aí, aceita o desafio?