DSC_0142

Chegamos à primeira cidade do nosso mochilão! #finalmente

Resolvi dividir o post dessa cidade em dois para não ficar muito cansativo! Então essa é a primeira parte.

Santiago é uma cidade simplesmente apaixonante. #querovoltar

Como fomos no inverno, o clima estava bem frio e as ruas lindas, com as folhas das árvores secas e vermelhinhas. Parecia que estávamos na Europa. Olhem só:

 

DSC_0082

 

A cidade é limpa, em sua maior parte organizada e se pode ver as cordilheiras de qualquer lugar.

Para vocês terem uma noção, olhem só a vista do nosso quarto:

 

DSC_0003

 

Nós ficamos em um flat no bairro Providência, que é um local bastante turístico e que, assim como todo o resto do Chile, tem muitos brasileiros! O nome do flat que ficamos é Departamentos Costa Nueva de Lyon. Não tivemos reclamações do quarto, exceto pelo banheiro, pelo qual saía um cheiro horrível do ralo (mas sinto informar que isso foi um problema em praticamente toda a viagem #chateada).

Logo no primeiro dia, um sábado, fomos até o Cerro San Cristobal. Subimos através do funicular (que é tipo um bondinho), que custou cerca de 2.900 PC por pessoa, se não me engano. O Cerro nos proporcionou um pôr do sol lindo e saímos de lá muito felizes! Na volta passamos por uma feirinha de artesanato na Paseo Ahumada (que fica no caminho para o metrô).

No segundo dia, fomos pela manhã no Museo Nacional (foi só uma passadinha, pois estava fechado) e também no Museo de La Memoria y lós Derechos Humanos (#gratuito e próximo à estação Quinta Normal do metrô), que tem como tema principal a ditadura chilena #altamenterecomendado. Em seguida, fomos ao Shopping e Parque Araucano, o shopping é estilo americano, todo aberto, só com lojas chiquérrimas, e o parque é bem bonito, o pessoal corre, passeia com os cães e passa um tempinho lá. Uma delícia! #recomendado

Já às 14h fomos para a Vinícola Concha Y Toro, na qual fizemos a reserva daqui do Brasil mesmo. O tour é bem bacana, custa cerca de 9.000 PC por pessoa e você pode conhecer a vinícola, sua história e também degustar alguns vinhos! Existem dois tipos de tour, fizemos o de apenas 1h e achei o suficiente. Outro passeio #altamenterecomendado.

 

DSC_0142

 

Vale ressaltar que a vinícola é um tanto quanto longe, é necessário descer na estação Las Mercedes do metrô e ainda pegar um ônibus ou um táxi depois, portanto, saiam com antecedência. Recomendo mais de uma hora e meia, dependendo de onde estiverem hospedados.

Nesse dia descansamos e desfrutamos o Casillero Del Diablo pela noite! #enamorados

Não percam o próximo post, o Vale Nevado vem aí!

Até a próxima,

Dai Bugatti.