Lary

É diva pop que você quer, more? Então precisa conhecer a Lary, uma das novas apostas do pop brasileiro!

A girl tem 24 anos e começou a cantar de brincadeira no karaokê, o que a fez se apaixonar pela música e decidir de vez que esta era a carreira que queria seguir. E podemos dizer com toda certeza que o que ela tem de linda, tem de talentosa!

Seu primeiro EP, Laryssa Goulart, saiu em 2015, mas ela começou a bombar mesmo em 2017, quando lançou o EP Salto 15. Pra ter uma noção, a música que dá nome ao EP caiu nas graças do público e seu clipe já conta com mais de 2,8 milhões de visualizações no YouTube – OMG! Miga, manda uns views pra gente haha! Desde então, é hit atrás de hit! De lá pra cá, Lary já lançou Vê Se Tá Bom Assim, que, aliás, tem um clipe todo girl power, e o seu mais recente single é 220, com direito a um clipe lindo e que conta com uma superprodução.

Ficou curiosa para saber mais sobre a cantora brasileira que promete bombar nas suas playlists? Então vem conferir o bate-papo que tivemos com ela!

Lary, você sempre quis seguir essa linha “diva do pop”? Como você decidiu que era este estilo que queria ter?
Obrigada pelo “diva do pop” [hehe]! Quando resolvi cantar, não sabia ao certo qual estilo seguir. A escolha do pop surgiu do meu amadurecimento musical e pessoal, um ano após começar a cantar profissionalmente. Isso aconteceu de 2015 para 2016, quando resolvi produzir um EP de forma independente, após trabalhar por um ano com Rick Bonadio.

E quais são as suas inspirações e referências tanto musicais, como também de carreira?
Com toda certeza, a minha maior inspiração é a Ivete Sangalo! E é pela artista que ela é como um todo! Seu carisma, profissionalismo, a forma como construiu uma carreira sólida e séria… Mesmo não cantando o mesmo estilo, é nela que me inspiro. Também tenho muita admiração pela Anitta, que é considerada hoje a maior artista brasileira! Acho ela talentosíssima, inteligente e inspiradora. Uma grande referência!

Mas você não fica atrás dessas divas, porque seus clipes, por exemplo, contam com uma superprodução e são incríveis. Você participa de tudo?
Obrigada! Cada clipe foi pensado com muito cuidado e carinho, e eu participo de cada detalhe, desde a concepção, a parte criativa, as reuniões… Até a produção em si. Eu me meto em tudo [hahaha]! Geralmente me reúno com a minha equipe para reunirmos ideias. Aí, desta reunião, listamos os profissionais que desejamos na produção do clipe. Depois, entramos em contato, fazemos algumas reuniões para alinhar as ideias e tendo tudo definido, começo o processo de ensaios e as preparações necessárias. E aí é mão na massa! Rola a gravação, recebo os cortes, e quando tudo está aprovado, temos o clipe pronto!

Falando em clipe, no vídeo de Vê Se Tá Bom Assim, você faz uma crítica ao estereótipo de mulher perfeita, o que mostra uma atitude super girl power. Pra você, o que é ser girl power?
Pra mim, ser girl power é ser feliz. É se aceitar, fazer o que tem vontade, falar o que pensa, ser independente e, acima de tudo, livre. É ser O QUE QUISER, como quiser, quando quiser!

É uma intenção sua passar o girl power nas suas músicas?
Então, passo nas minhas músicas, a minha verdade. Cada música mostra uma face minha. Umas mais sensuais, outras mais divertidas, outras envolventes… Mas todas me representam. E acho que acabo, de alguma forma, passando essa mensagem do “Girl Power” sim, pois me considero uma! Sou feliz comigo mesma, faço o que tenho vontade, falo o que penso… Gosto de inspirar meninas e mulheres com minhas músicas.

Sair em turnê está nos seus planos? Você já consegue visualizar algo que gostaria de fazer em uma turnê?
Ah, eu piro nas ideias para a minha turnê! Está nos meus planos e fico ansiosa só de pensar [hehe]! Muitas luzes, efeitos especiais, dança…

Tem algum artista brasileiro que você adoraria fazer uma parceria?
A Ivete, com toda certeza! Mas também gostaria muito de cantar com a Pabllo Vittar, a Ludmilla, o Luan Santana, o Nego do Borel… Sou muito fã do trabalho de cada um deles!

Você cresceu cantando em karaokês. Se pudesse montar um top 5 com as suas músicas favoritas de cantar em karaokê, quais seriam?
Aaaah só cinco [Hahaha]? Vamos lá: Palpite, da Vanessa Rangel; A Lenda, Sandy & Junior; Madalena, da Elis Regina; Bem Que Se Quis, da Marisa Monte; e Garganta, da Ana Carolina.

Recentemente, você fez uma live com a galera do Fit Dance e a Evelyn Regly. Você até postou uma foto dizendo que era muito fã dela. Podemos esperar um vídeo por aí?
Podem, sim! Já combinamos de gravar em breve! Ela é linda, uma fofa! Animadíssima pra esse vídeo!

Já te achava maravilhosa antes de te conhecer. Aí conheci e multipliquei por 100! 😜💕 @evelynregly

Uma publicação compartilhada por Lary (@laryoficial) em

E pra finalizar, já que falamos da Evelyn, você é muito fã de algum youtuber e gostaria de fazer algum vídeo com ele?
Sim! Além da Evelyn, sou fã do Whindersson, acho ele genial! Gostaria de um dia gravar algo com ele!

Fofa: sim ou com certeza? Ficamos encantadas com a Lary e já nos tornamos fã! Também curtiu a cantora? Então corre segui-la no Instagram pra ficar ligadinha em todas as novidades @laryoficial e se inscrever no canal do YouTube pra não perder mais nenhum clipe!