huji

Springers, vocês já sabem que eu AMO testar aplicativos novos, né? O Huji eu ainda não tive tempo de testar – se quiserem que eu mostro o que achei em vídeo me contem, tá? -, mas já baixei e precisava compartilhar logo com vocês, porque ele parece ser inacrê!

Não sei se vocês seguem a Manu Gavassi, mas ela tem usado bastante, deixando as suas fotos com um toque meio vintage, sabe? Uma coisa bem anos 1990.

Em breve… em um YouTube perto de você.

Uma publicação compartilhada por Manu Gavassi (@manugavassi) em

E não é só o efeito que faz o usuário voltar no tempo, não. O app tem este nome Huji e um design bem de câmera analógica, para fazer referência a câmera descartável da Fujifilm. Para ter noção é tanta referência que, para tirar uma foto, você precisa aproximar o rosto da tela, como se fosse olhar pra tirar uma foto de uma câmera e aguardar o resultado, porque cada imagem ganha um efeito diferente e não dá para escolher – o que é bom e ruim, né? Porque assim você não consegue deixar a foto da maneira que quer, mas também pode ter ótimas surpresas.

It just doesn’t 😌 #london #aboutlastnight

Uma publicação compartilhada por Camila Coutinho (@camilacoutinho) em

E se você está se perguntando “mas dá pra usar as fotos que estão no rolo da câmera?”, a resposta é “sim”, maaaasss… Para isso, você precisa fazer uma compra para habilitar esta função no app que custa US$ 0,99.

Curtiu e quer testar? O app está disponível apenas para a iOS e é gratuito.